Vídeos | Ministério Graça sobre Graça




Home   l   Multimídia   l  Videos
 
l
l
l


   Categorias     

COMO SER UM VERDADEIRO CRISTÃO?

Biblicamente, o conceito de ser cristão é bem diferente do que se entende geralmente. O entendimento geral em vigor é que “ser cristão” é ser alguém que “aceitou Jesus”, frequenta templos feitos por mãos humanas, segue as diretrizes de algum rótulo (denominação), a saber: é batizado nas águas, fiel “dizimista”, toma “santa ceia” ou “eucaristia”, tem “carteirinha de membro” etc., e que, por tudo isto, não segue uma vida “normal” do ponto de vista social. No entanto, na Bíblia, ser cristão é o contrário disso tudo. Neste estudo, nós aprendemos o que é ser cristão de verdade.

ASSISTIR O VÍDEO


O PODER ETERNO DO SANGUE DE JESUS

Um dos grandes males que existem na mente dos que dizem ter fé em Jesus é a desvalorização da Obra de Cristo realizada na cruz ― o “segundo ato” da Salvação. Uns dizem que o sangue de Jesus não tem mais valor, pois a Graça teria “acabado”. Por outro lado, outros dizem que precisam cumprir ordenanças derivadas da Lei de Moisés (ainda que digam se tratar de “obras do Novo Pacto”), frequentar templos, “pagar o preço”, cumprir mandamentos de homens, se submeterem a proibições, entre outras aberrações religiosas, para alcançarem a Graça. Neste estudo aprendemos que o sangue de Jesus teve (e terá para sempre) um inefável poder e a importância de valorizarmos a Sua Obra.

ASSISTIR O VÍDEO


ENTENDENDO O QUE É VIVER PELA FÉ

O conceito de viver pela Fé que é apresentado nos meios religiosos (especialmente os adeptos da nefasta “teologia da prosperidade”) geralmente impõe uma visão que tende a levar as pessoas ao materialismo e ao motivacionismo. Ou seja: a Fé acaba sendo apenas um instrumento para a tentativa de conquistas financeiras (e outros sonhos materiais) e, também, um meio para se obter motivação na vida. Não obstante a Fé ter um aspecto motivador e ser, sim, um meio para alcançarmos objetivos nesta vida, o fato é que o principal aspecto da vida conduzida apenas pela Fé é negligenciado por aqueles que dizem pregar a Mensagem de Cristo.

ASSISTIR O VÍDEO


JÁ NASCEMOS PUROS, SANTOS E PERFEITOS

A Obra que Jesus Cristo concretizou na Calvário trouxe, de uma vez por todas, a profetizada e tão esperada purificação espiritual dos filhos de Deus e, consequentemente, realizou a santificação e o aperfeiçoamento dos que haviam nascido ainda debaixo do pecado (antes da cruz). Além disso, permitiu que nós ― a Igreja dos séculos posteriores ― já nascêssemos em condição de espiritualmente puros, santos e perfeitos.

ASSISTIR O VÍDEO


CRISTO E O FIM DA LEI

O apóstolo Paulo não pensou duas vezes ao afirmar, categoricamente, que Jesus Cristo foi o fim da Lei de Moisés. Porém, muitos ainda seguem, na letra, as ordenanças do Antigo Pacto (uns de forma escancarada e a maioria de forma velada), especialmente os famosos Dez Mandamentos, e, assim, anulam os benefícios da Graça de Deus em suas vidas. Ainda segundo Paulo, a letra mata, mas o espírito vivifica. Ou seja: nosso chamado é vivermos guiados pelo Espírito de Deus e não pelo paradigma antigo, a saber, o ministério da letra, da morte e da condenação.

ASSISTIR O VÍDEO






Copyright © Grupo Alphanet Hosting 2022